Enxerto tecnicas...

Ir em baixo

Enxerto tecnicas...

Mensagem  Admin em Sex Maio 21, 2010 1:42 pm

jorge mesquita escreveu:[size=150] Enxertia[/size]
É a operação que tem por fim fixar uma porção de uma planta sobre outra (geralmente da mesma espécie), soldando-se em seguida os tecidos das camadas postas em contacto passando a constituir uma só planta.

A porção de vegetal que se adapta a outra ou que há de alimentá-lo, tem a designação de enxerto e pode ser ou um fragmento de ramo (garfo) ou um fragmento de casca, contendo um olho (borbulha).

A planta ou porção desta que com as suas raízes há-de sustentar o enxerto tem a denominação de cavalo ou porta-enxerto.

Quando se faz uma enxertia fica-se com um complexo constituído por um hipobionte (parte que fica debaixo da terra) e um epibionte (parte que fica acima da terra). Os porta-enxertos que têm boa afinidade são os que suportam bem o garfo e fazem uma boa união cavalo-garfo, de tal modo que a circulação da seiva bruta e da seiva elaborada se faz perfeitamente.

Época da Enxertia
A temperatura mais conveniente é a que anda por volta de 20º a 25º C. É a esta temperatura que há uma grande actividade celular e, tanto o garfo como o cavalo produzem tecidos cicatrizais em abundância e a soldadura torna-se bastante fácil.

Há que ter em conta à humidade, pois que não pode haver lavagem das anxinas (produto cicatrizante) que se formam na zona das feridas.

Assim a época mais conveniente para a enxertia, é variável de acordo com a região onde se realiza.

Nas Beiras, Trás-os-Montes e Minho o mês de Março é o mais conveniente para esta operação. Na região do Sul (Alentejo Litoral, Algarve) as árvores entram mais cedo em actividade, pelo menor rigor do Inverno e a enxertia pode ser levada a cabo a partir dos meados de Janeiro. No mês de Fevereiro pode iniciar-se no Ribatejo Litoral e nos fins do mesmo mês nas zonas interiores do Alentejo, Ribatejo e Beira Litoral.

A habilidade do enxertador está relacionada com a maneira como a operação é executada. O operador deve ser hábil, muito cuidadoso e trabalhar sempre com ferramentas bem afiadas e executar os cortes com firmeza, para que as superfícies sejam lisas e sem dilacerações; praticar a operação com rapidez, para evitar que os cortes fiquem expostos à acção prejudicial do sol ou vento, e apertar a fita ou ráfia de forma firme e uniforme.

Material utilizado na enxertia:
-canivete de enxertia (devidamente amolado e limpo);
-tesoura de poda;
-pedra de afiar;
-serrote;
-ráfia ou fita;
-saco plástico;
-cordel;
-álcool;
-algodão.
É importante, para maior conforto do enxertador, ter bancos no local de trabalho.

TIPOS DE ENXERTIA

São vários os tipos de enxertia, como por exemplo: borbulhia, garfagem, encostia, sobreenxertia:

[size=60]fontes:fruticultura/aesbuc[/size]
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 132
Data de inscrição : 28/04/2010
Idade : 35
Localização : Londrina

Ver perfil do usuário http://paranabonsai.forumeiro.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum